Lada Usados

O mercado de Lada usados em Portugal é praticamente inexistente, deve ser uma das marcas mais difíceis de encontrar, mas se o fizer e quiser adquiri-lo pode recorrer a opções de crédito ou financiamento.

Nem sempre a Lada se chamou Lada, em tempos chamou-se Zhiguli, mas como a fonética é semelhante à da palavra “Gigolo” isso acabou por prejudicar as exportações. A fábrica nasceu de um acordo assinado entre a Fiat e o Conselho Ministerial da ex-URSS, para a produção de automóveis populares. O primeiro lançamento representou para os soviéticos o mesmo que o Volkswagen para os alemães, ou seja, a massificação do automóvel.

O modelo de maior sucesso da marca foi o 2121, mais conhecido internacionalmente como NIVA, um jipe utilitário, compacto, com linhas simples e retas foi o primeiro modelo que não utilizou a Fiat como base e foi, também, um dos carros mais marcantes alguma vez criados pela indústria soviética, a prova disso é que até hoje o projeto original ainda é produzido.

Seguiram-se o Lada Riva, o Oka, o Samara ou o 110. A parceria com a General Motors não tardou e essa junção possibilitou à marca a produção de um produto novo e de qualidade e permitiu-lhe introduzir no mercado um novo veículo, o Lada Kalina, lançado nas versões sedã, que acabou por desaparecer devido ao lançamento do Grant, hatchback, renovada sete anos após o primeiro lançamento, e perua. Atualmente a francesa Renault detém parte da empresa, fornecendo à marca russa conhecimento e tecnologia.

Lada