Mercedes-Benz Usados

O mercado de Mercedes usados é mediano, mas é possível encontrar vários modelos, à exceção dos superdesportivos. Os preços são preços à Mercedes, mas há a possibilidade de recorrer a crédito ou financiamento.

A história da Mercedes remonta a 1880, quando Karl Benz Gottlieb Daimler, de forma independente, deram os primeiros passos na invenção do motor de automóvel. Tanto a Benz como Daimler-Motoren-Gesellschaft (DMG) fizeram grandes progressos sozinhas ao longo dos anos, acabando a DMG por mudar o nome para Mercedes.

Os graves problemas financeiros organizados pelo período de pós-guerra (1926) levaram à fusão das duas empresas nascendo, assim, a Mercedes-Benz. Na década de 70 dedicaram-se a produzir uma nova gama de berlinas, conhecidas como “rabo-de-peixe”, para satisfazerem o gosto americano, estas foram substituídas por modelos como o 280 S e SE ou o 350 SE, projetados para serem os melhores do mundo no mercado.
O sucesso chegou à marca e a aposta recaiu sobre as berlinas de luxo, cujo alvo eram os empresários das classes mais altas e nunca mais o seu crescimento parou. Para simplificar as designações que adotaram, a marca criou um sistema de Classes. Atualmente existe a Classe C, E, S e M, criada aquando do lançamento do primeiro SUV da marca e R.

Até hoje a Mercedes não se dedica só ao segmente de luxo, também produz motores, camiões ou autocarros, além dos seus superdesportivos como SLS AMG ou do SLR McLaren, resultado de uma parceria entre a Mercedes e a McLaren que acabou em finais de 2009.

Mercedes